Casos Clínicos

Caso Clínico 1

  • Paciente 14 anos, sexo masculino, apresentando febre , calafrio e cansaço.
  • O hemograma apresentou hemoglobina de 8.5 g/dl, hematócrito 26.0% , leucócitos 3.600 /mm3, 35% de linfócitos atípicos, plaquetas 95.000 /mm3 e 1% de célula blástica.
  • Na bioquímica o HDL 625, TGO 56, TGP 95.

OPÇÕES
  • A - VIROSE E INÍCIO DE LLA
  • B - VIROSE E COQUELUCHE
  • C - VIROSE E ALERGIA
  • D - INFECÇÃO E INÍCIO DE LLA
  • E - INFECÇÃO E APLASIA MEDULAR

Caso Clínico 2

  • Paciente sexo masculino 2 meses e 16 dias de idade, apresentando febre e tosse intermitente.
  • O hemograma apresentou uma intensa leucocitose 61.500 leucócitos /mm3, dos quais 85% linfócitos, plaquetas 166.000 /mm3, hemoglobina 10.5 g/dl e hematócrito 32.0%.
  • Foi observado evidente pleomorfismo nos linfócitos (linfócitos lobulados). A proteína C reativa foi menor que 1.
  • A PCR foi positivo para o DNA da B. Pertussis.

OPÇÕES
  • A - HEPATITE
  • B - TUBERCULOSE
  • C - COQUELUCHE
  • D - LMA
  • E - MUCOPOLISSACARIDOSE

Caso Clínico 3

  • Paciente 63 anos, sexo feminino, realizando hemograma de rotina.
  • Apresentou 9.100 leucócitos /mm3, hemoglobina 12,2 g/dl, hematócrito 36.6%, plaquetas 166.000 /mm3.
  • Foi observado uma discreta linfocitose absoluta de 5.600 p/mm3 e 2% de células linfóides.

OPÇÕES
  • A - LLC
  • B - LINFOMA NÃO-HODGKIN B
  • C - LINFOMA DE HODGKIN
  • D - LMC
  • E - LLA

Caso Clínico 4

  • Paciente 34 anos, sexo feminino, sexto mês de gravidez, realizando exames de pré-natal , fazendo uso de ác. fólico.
  • Apresentou no hemograma: hemoglobina de 6.6 g/dl, hematócrito 19.4%, contagem de leucócitos de 26.500 /mm 3, plaquetas 130.000 /mm3 e a presença de 11% de blastos e 35% de monócitos.
  • Demais exames normais.

OPÇÕES
  • A - LMA - M4 - MIELOMONOCÍTICA
  • B - LMA - M3 - PROMIELOCÍTICA
  • C - LMA - M1 - MIELOBLÁSTICA
  • D - LMA - M0 - INDIFERENCIADA
  • E - LMC

Caso Clínico 5

  • Paciente 72 anos, sexo masculino, em tratamento quimioterápico e fazendo uso de granulokin (filgrastima).
  • O hemograma apresentou 24.500 leucócitos /mm3, 130.000 de plaquetas /mm3, hemoglobina de 9.5 g/dl, hematócrito 30.5%.
  • Foi observado a presença de células imaturas da linhagem granulocítica e algumas células linfóides endentadas.

OPÇÕES
  • A - LINFOMA COM RESPOSTA AO ESTIMULADOR
  • B - LEUCEMIA COM RESPOSTA AO ESTIMULADOR
  • C - REAÇÃO LEUCEMÓIDE
  • D - MONONUCLEOSE
  • E - INFECÇÃO

Caso Clínico 6

  • Paciente 35 anos, sexo masculino, realizando exames pré-operatórios.
  • O hemograma apresentou hemoglobina 9,2 g/dl, hematócrito 28.0 %, plaquetas 88.000 /mm3 e 46.600 leucócitos /mm3.
  • Foi observado a presença de 91% de blastos no esfregaço sanguíneo.
  • Os testes de coagulação apresentaram resultados alterados.

OPÇÕES
  • A - LEUCEMIA CRÔNICA
  • B - LEUCEMIA AGUDA
  • C - MIELOMA
  • D - LINFOMA NÃO-HODGKIN
  • E - LINFOMA DE HODGKIN

Caso Clínico 7

  • Paciente 9 anos, sexo feminino, apresentando: dor de cabeça, dor abdominal, dor musculares, dor atrás dos olhos, dores nas juntas, prostração e febre alta.
  • O hemograma apresentou evidente leucopenia, 2.500 leucócitos /mm3, acentuada plaquetopenia, 18.000 plaquetas /mm3, e 25% de linfócitos atípicos.
  • O hematócrito 55.1%, a hemoglobina 18.3 g/dl, e a contagem das hemácias 6.080.000 /mm3.

OPÇÕES
  • A - HEPATITE
  • B - RUBÉOLA
  • C - COQUELUCHE
  • D - MONONUCLEOSE
  • E - DENGUE HEMORRÁGICA

Caso Clínico 8

  • Paciente veterinário, 2 anos, realizando hemograma, apresentou: 8.900 leucócitos /mm3, 9 milhões de hemácias /mm3, hemoglobina 18.2 d/gl, VCM 55.0 e plaquetas 528.000 /mm3.
  • Na morfologia periférica foi observado a presença de eosinófilos com grandes grânulos.

OPÇÕES
  • A - HG GATO
  • B - HG CACHORRO
  • C - HG AVE
  • D - HG CAVALO
  • E - HG PEIXE BOI

Caso Clínico 9

  • Paciente, 63 anos, masculino, com suspeita diagnóstica de Micose Fungóide/Síndrome de Sezary, o hematologista solicitou um hemograma com pesquisa de células de Sezary. Qual alteração morfológica pesquisar nos linfócitos para o diagnóstico deste linfoma:

OPÇÕES
  • A - Linfócitos pleomórficos (flower cell)
  • B - Linfócitos vacuolizados
  • C - Linfócitos cerebriformes
  • D - Linfócitos endentados
  • E - Linfócitos clivados

Caso Clínico 10

  • Seguindo as normas da classificação FAB (grupo Franco-Americano-Britânico) para leucemias agudas; no sangue periférico é observado uma acentuada leucocitose com a presença de 90% de promielócitos hipogranúlicos, e uma evidente plaquetopenia. Os achados citológicos são associados com o subtipo:

OPÇÕES
  • A - LMA M2 variante
  • B - LMA M0
  • C - LMA M5a
  • D - LMA M3 variante
  • E - LMA M1

Caso Clínico 11

  • Seguindo as normas da classificação FAB (grupo Franco-Americano-Britânico) para leucemias agudas; no sangue periférico é observado a presença de blastos mielóides e numerosos eritroblastos em vários graus de maturação. Os achados citológicos são associados com o subtipo:

OPÇÕES
  • A - LMA M1
  • B - LMA M4
  • C - LMA M3 variante
  • D - LMA M7
  • E - LMA M6


Copyright © 2011 Atlas do Sangue Periférico - Todos os direitos reservados

Produzido pela